ANEL no Chile: em defesa da educação pública

A ANEL enviou Clara Saraiva, da Comissão Executiva Nacional da entidade, ao Chile para acompanhar e se solidarizar com as fortes manifestações estudantis que ocorrem naquele país.
Clara participou, na semana passada, de um programa na rádio 1º de Maio. Em pauta, os protestos estudantis, em um debate que também contou com a presença de representantes da CONFECH e da ACES, federações de estudantes universitários e secundaristas do Chile, respectivamente.
A luta dos estudantes chilenos já vem há semanas mobilizando milhares em todo o país e colocando o governo Piñera contra a parede. As principais exigências giram em torno ao aumento de verbas para a educação pública, estatização de escolas e universidades e reformas no sistema educacional de conjunto

1º relato da ANEL no Chile

Juventude chilena luta e beija em defesa da educação pública

Relato de mães de secundaristas chilenos

Carnaval em Plaza de Armas

Veja todas as fotos

1800 horas em defesa da educacao pública

1800 horas em defesa da educacao pública

Participacao da ANEL junto com a CONFECH e ACES no progama da rádio 1o de maio

Entrada da FAU - Universidad de Chile

Quadro da reuniao da ANES com contato da ANEL

Liceo de Aplicacion "en toma"

Carnaval en la Plaza de Armas

Universidad de Chile "en toma"

Universidad de Chile "en toma"

Universidad de Chile "en toma" - Prédio Central

Universidad de Chile "en toma"

Anúncios