Começou o 1º Congresso da CSP-Conlutas

por João Pedro Mendonça

Começou hoje o 1º Congresso Nacional da CSP-Conlutas em Sumaré-SP, Central Sindical e Popular que ANEL compõe e constrói, colocando o movimento estudantil lado-a-lado das lutas dos trabalhadores.

Durante o dia aconteceu o 1º Encontro de Mulheres da CSP-Conlutas, com a presença de delegados de diversos estados, diferentes setores e movimentos populares, contando até com a presença internacional de Fatma Ramadan, que esteve à frente da recentes lutas egípcias, como também a estudante Daniela, da Federação Nacional dos Estudantes da Costa Rica.

No começo da noite, antes da abertura solene do congresso, o grupo de rap Giria Vermelha (MA) fez uma pequena apresentação do seu rap combativo, colocando o Hip Hop como instrumento de luta dos trabalhadores no combate à opressão e exploração imposta pela burguesia, consignais do Hip Hop militante do movimento “Quilombo Urbano”.

“então, mova-se pra ver se a coisa muda
a arte pela arte para nós é surda e muda
não nos fede e não cheira
pra periferia tem que ir pra lixeira” (Lutar é preciso).

A mesa de abertura contou com representantes da CSP-CONLUTAS, Intersindical, UGT, Frente Nacional de Resistência Urbana, do Movimento de Resistência Quilombola, PSTU, PSOL, com Dircen Verón dos Indigenas Kaiowá-Guarani, e com as participações estrangeiras dos estudantes secundaristas do Chile e com a Egípcia Fatma Ramadan, entre outros convidados.

Cabo Daciolo, lider da greve dos bombeiros do RJ também saudou o Congresso e quando reparou no meio da plateia o grupo de estudantes com camisetas e bandeiras da ANEL, falou sobre a importância do apoio desses estudantes à greve da sua categoria e pediu para que cantássemos a palavra de ordem: “1, 2 3 4 5 mil e viva a aliança operário-estudantil”.

É com essa pluralidade na composição da Central Sindical e Popular que une organizações sindicais, populares, estudantil e de combate às opressões, que a ANEL reitera o seu apoio à CSP-Conlutas e se consolida como uma das forças ativas no fortalecimento desta entidade de luta dos trabalhadores e dos setores oprimidos, forte graças à sua independência diante ao governo e aos patrões.

Viva à CSP-Conlutas!
Viva à aliança operário-estudantil!
Viva à luta dos trabalhadores no mundo!

Acompanhe o 1º Congresso da CSP-Conlutas ao vivo aqui:
http://www.stickam.com/cspconlutas

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s